? ºC Teresina - PI

Blog do Professor

29/12/2016 16:01

Prefeito se despede do cargo e atribui derrota à ingratidão do povo castelense

O prefeito de Castelo do Piauí, Zé Maia, que encerra seu quinto mandato essa semana, concedeu entrevista a uma rádio de Castelo do Piauí na manhã de hoje (29).

A entrevista foi uma espécie de prestação de contas e contou com a participação de alguns secretários municipais. Mas um fato interessante foi que em meio a entrevista, Zé Maia atribuiu a derrota eleitoral do seu grupo à ingratidão do povo castelense.

A declaração infeliz do gestor pode ser considerada como uma inversão dos fatos. Ao afirmar isso, o prefeito é que está sendo ingrato com uma população que confiou à sua pessoa mais de um terço de século de poder, incluindo prefeitos apoiados por ele e considerando que na condição de gestor, esse "povo ingrato' o concedeu mais de duas décadas de poder.

O prefeito declarou ainda que se tivesse sido candidato, ou então o ex-prefeito Wilmar Cardoso, talvez seu grupo não tivesse perdido essa eleição. A declaração soa de forma arrogante e ao mesmo tempo inferioriza seu sobrinho Marcello Maia que foi o candidato derrotado, assim como o candidato a vice na chapa vencida, o publicitário Leonardo Cardoso.

Zé Maia também afirmou que não foi candidato por que não quis, a afirmação pode até ser verdadeira, mas mesmo que quisesse teria sua candidatura barrada pela condenação à perda de mandato pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, o que poderia lhe enquadrar na Lei da Ficha Limpa. Zé Maia concluiu esse mandato por força de uma medida liminar concedida pelo TSE.

Por fim afirmou que não fará a transmissão do cargo ao prefeito eleito, Zé Magno. Justificou que não existe nenhum dispositivo legal que o obrigue e tem viagem marcada para esse dia e que diante da sua ausência a Câmara de Vereadores realizará a investidura de Magno no cargo de prefeito.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo